importancia-lista-de-tarefas

Acredito que uma das maneiras mais úteis para realizar, lembrar e priorizar tarefas, é escrever uma lista de tarefas eficiente.

As listas de tarefas, permitem identificar a prioridade de cada tarefa e esta percepção, tem um impacto directo, na nossa produtividade. Saber o que tem de ser feito, diminui o tempo de decisão e aumenta a execução de tarefas.

A organização é essencial para obter um bom desempenho. As listas de tarefas desempenham um papel muito importante, porque são listas de acções, que nos auxiliam a organizar o que temos de fazer.

Fazer uma lista de tarefas nem sempre é fácil. Se o fizer de forma desorganizada, acaba por ser contraproducente, pelo que se torna imperial adoptar algum método de organização. Continue a ler para saber mais.

Valorizar o planeamento e a organização

Nem sempre a organização tem o seu devido valor e muitas pessoas acham que é “uma perda de tempo” ou “dá muito trabalho”. Mesmo com o excesso de tarefas, uma organização eficiente pode melhorar a nossa vida, seja no trabalho, em casa, na escola, etc.

Com tantas responsabilidades que temos, é natural que nem sempre seja fácil recordar tudo aquilo que temos de fazer e é neste sentido, que as listas de tarefas assumem uma enorme importância.

Uma técnica fundamental, é reservar algum tempo para planear o seu dia e tornar isso um hábito.

Veja também como pode tornar a organização um hábito

As listas de tarefas reduzem a ansiedade e o stress

De acordo com a neurociência, diante de uma interrupção, o cérebro humano leva cerca de 20 minutos para se concentrar novamente. Isto quer dizer que, embora a habilidade de administrar várias tarefas ao mesmo tempo dê a sensação de que os projectos estão todos em andamento, a velocidade com a qual as tarefas avançam, é lenta.

Para que o nosso cérebro funcione com o máximo de potencial, não devemos desperdiçar essa capacidade com nervosismo, stress ou ansiedade.

O ponto de equilíbrio entre produtividade e ansiedade alcança-se percebendo o que é prioritário. Ao utilizar listas de tarefas, conseguimos ter mais controlo e visão sobre o que é preciso ser feito e isto reduz por sua vez, a ansiedade.

O simples acto de riscar uma tarefa concluída da lista, transmite uma sensação incrível de realização e progresso. Dessa forma, torna-se mais fácil de alcançar e realizar novas tarefas.

Então, como devo organizar uma lista de tarefas eficiente ?

  1. Defina as tarefas a realizar
  2. Estabeleça prioridades
  3. Seja coerente, não liste 30 tarefas, sabendo que não vai conseguir realizar todas

Ao enumerar as prioridades, tente sempre começar pela tarefa mais difícil e pela que leva mais tempo. Assim, quando passar para as seguintes, essas vão parecer mais fáceis e menos cansativas de serem realizadas.

O segredo não é priorizar o planeamento, mas planear as suas prioridades.

– Stephen R. Covey.

Outro método que algumas pessoas utilizam é a técnica 1-3-5, já ouviu falar? Esta ferramenta, permite organizar listas de tarefas num esquema de:

  • 1 grande tarefa
  • 3 médias tarefas
  • 5 pequenas tarefas

Além destas técnicas e meios, actualmente existem muitas ferramentas que nos ajudam a organizar, como o todoist, evernote, bullet journal, trello, etc. Mas, brevemente irei descrever com mais detalhe, algumas destas ferramentas.

O conselho? Tenha foco: para produzir mais, concentre-se numa coisa de cada vez. Afinal, “ser ágil” não significa “ser eficaz”.

Comece já a organizar-se, faça listas de tarefas !

♥ Adriana

Partilhar: